Receita de tempurá

tempurá

Nota: 5.9

Ingredientes:

4 peixinhos pequenos, limpos e abertos;
4 camarões grandes (ou 8 médios);
1 lula;
1/2 batata-doce;
100 g de abóbora;
1/2 cebola;
100 g de cenoura;
50 g de vagem;
4 cogumelos secos;
100 g de legumes (cenoura, ervilhas e milho verde);
50 g de camarões pequenos descascados;
1 cebolinha verde;
pequena quantidade de farinha de trigo para enfarinhar os ingredientes;
cerca de 4 xícaras de óleo para fricar.

Massa:
1 ovo;
água suficiente até completar 1 xícara de líquido incluindo o ovo;
1 xícara de farinha de trigo peneirada.

Molho:
1 xícara de dashi (caldo de peixe);
3 colheres (sopa) de mirin ou vinho branco doce;
4 1/2 colheres (sopa) de shoyu.

Temperos:
6 colheres (sopa) de nabo descascado e ralado (cerca de 10 cm da parte mais fina de um nabo comprido);
2 colheres (chá) de gengibre descascado e ralado (1/2 colher (chá) por pessoa).

Utensílios:
Uma boa frigideira para fritar, ou uma panela de inox, ou uma frigideira chinesa (wok).


Modo de preparo:

Ponha, com antecedência, todos os ingredientes da massa na geladeira, sem misturá-los.
Se permanecerem à temperatura ambiente, o resultado será uma fritura oleosa e pesada.


Prepare o peixe e os legumes para fritar:
Descasque os camarões, deixando a cauda e a casca do primeiro segmento junto a ela.
A seguir, tire as tripas inserindo um palito no centro da parte posterior e puxando com cuidado.
Faça três cortes na altura do estômago para evitar que enrole.
Com os dedos, separe a cartilagem da lula (parece um plástico) e a cabeça, e, ao mesmo tempo, puxe para fora os tentáculos e as vísceras.
Tire a ponta da cauda triangular e as barbatanas.
Lave e retire a pele, raspando a lula de alto a baixo.
Corte em rodelas de 1 cm ou então corte ao meio e, depois, em pedaços retangulares.
Faça pequenos cortes em toda a beirada dos pedaços para que não se enrolem durante a fritura.
Corte a batata-doce em rodelas.
Deixe de molho em água por 5 minutos para que não perca sua cor natural.
Escorra.
Corte a abóbora em pequenos pedaços retangulares.
Descasque a cebola e corte ao meio no sentido do comprimento.
Vire cada metade para baixo e corte em meias-luas.
Espete um palito em cada fatia para que não se desmanche.
Descasque a cenoura e corte em fatias finas de 5 cm de comprimento.
Corte a vagem em pedaços de 5 cm.
Tire os cabos dos cogumelos.
Corte a cebolinha em pedaços de 3 cm.


Para fazer o molho, junte o dashi, o mirin ou o vinho branco doce e o shoyu numa panela e aqueça.
Quando começar ferver, apague o fogo.
Prepare os temperos.
Aqueça o óleo em fogo forte.
Enquanto isso, prepare a massa.
Primeiro, misture 1 ovo sem bater.
Junte água até completar um pouco mais de 1 xícara de líquido e mexa bem.
Junte a farinha peneirada, um pouco de cada vez, e misture bem.
Não mexa demais e não deixe a mistura próximo a um lugar quente, para que não fique muito grudenta.
Seuqe com cuidado o peixe, o camarão e a lula, assim como os legumes.

Como cozinhar:

Teste o óleo: deixe cair uma pequena porão de massa no óelo.
Se for quase ao fundo e voltar à superfície, o óleo ainda nãoe stá no ponto.
Se mergulhar apenas até a metade e voltar, a temperatura deverá ser boa pra fritar (160 gruas).
Comece fritando os ingredientes mais duros, depois os mais macios, que precisam de uma temperatura mais alta, cerca de 180 graus.
Para fritar a batata-doce, a abóbora e a cebola, mergulhe primeiro na massa, depois coloque com cuidado no óleo quente.
Frite uns 6 pedaços de cada vez, virando de vez em quando.
Não deixe que se juntem.
Deixe fritar por uns 3 minutos e escorra o excesso de óleo.
Para fritar os cogumelos, deixe-os flutuando na massa (com a parte de baixo mergulhada na massa), e cubra a parte superior de massa com o auxílio de uma colher.
Frite durante 1 minuto e retire.
Disponha a vagem num prato grande.
Polvilhe com farinha e divida a vagem em feixes de três ou quatro pedaços cada.
Cubra levemente com uma colherada de massa e mexa um pouco.
Com uma escumedeira, mergulhe com cuidado cada feixe no óleo e frite por uns 2 minutos, tomando cuidado para que as vagens não se separem.
Faça o mesmo com as tiras de cenouras.
Cubra os legumes ao natural com massa, misture e ponha às colheradas no óleo.
Quando começarem a fritar, dê-lhes uma forma arredondada e chata com um garfo ou pauzinhos.
Assim que tostarem um pouco, vire-os.
Deixe fritar por 3 minutos.
Misture os camarões pequenos com a cebolinha verde.
Cubra com a massa e ponha às colheradas no óleo.
Quando começarem a fritar, dê-lhes uma forma arredondada e chata com um garfo ou pauzinhos.
Assim que tostarem um pouco, vire-os.
Deixe fritar por 3 minutos.
Acrescente mais óleo na frigideira e espere até o óleo ficar bem quente para friar o peixe e o camarão (180 graus).
Polvilhe o peixe, o camarão e a lula com a farinha, mergulhe na massa, segurando pelas caudas, e deixe escorregar delicadamente para dentro do óleo, com a pele do peixe virada para cima.
Esse processo é indiferente para o camarão ou para a lula.
Frite o peixe por 3 minutos, o camarão durante 4 minutos (dependendo do tamanho) e a lula durante 1 minuto.

Como servir:

Após fritar todos os ingredientes, sirva o mais rápido possível.
Distribua em pratos individuais ou num grande prato de servir, sempre com papel absorvente sob as frituras.
Disponha cerca de 1 1/2 colher de nabo ralado na borda do prato, ou num pratinho de serviço, e 1/2 colher (chá) de gengibre ralado sobre essa porção, formando uma pequena montanha nevada.
Aqueça o molho e sirva em tigelinhas individuais.
À mesa, os convidados devem misturar um pouco de nabo e gengibre ao molho quente, e mergulhar aí as frituras, antes de saboreá-las.
Algumas gotas de limão e um pouco de sal podem substituir o molho.

 

Avalie esta receita:

 

2006 - 2019 - todos os direitos reservados - mapa do site
Produzido por